segunda-feira, 30 de março de 2009

No limite

Alguns posts abaixo eu elogiei a paciência do treinador do Corinthians, Mano Menezes, nas entrevistas coletivas.

Ao contrário de Muricys e Luxemburgos, Mano não destrata os repórteres por mais que suas feições denunciem quando concorda, discorda ou mesmo desdenhe de alguma pergunta.

Mas nas três últimas entrevistas coletivas, percebi que o técnico está mais nervoso que de costume.

Seja por perguntas repetitivas, seja por assuntos "chatos" para ele, como as má fases de Souza e de Douglas.

Em Campinas, Mano disse que "a fórmula 1 tem uma nova equipe, que nem existia no ano passado, o que mostra que o ano mudou, e por isso Douglas não está jogando o mesmo futebol do ano passado". ??????????

E hoje o treinador continuou na sua fase "quase" Muricy:

Um comentário:

Adônis Adonai disse...

O Douglas tá muito mal.

Parece que tem uma bola de ferro no pé, não corre, não faz nada.

Mas tenho a impressão que um dia ele volta a jogar, o que ele jogou no ano passado.

Twitter Updates

    follow me on Twitter